MPE implanta programa de localização e identificação de pessoas desaparecidas no Amazonas

Na tentativa de tornar mais eficaz a localização de crianças, jovens e adultos desaparecidos no Amazonas, o Ministério Público do Estado (MPE-AM) implantou o Programa de Localização e Identificação de Pessoas Desaparecidas (PLID).

O programa é gerido pelo Núcleo de Localização e Identificação de Desaparecidos, coordenado pela promotora de Justiça Lucíola Valois Coelho, que é a representante do Ministério Público Estadual da Região Norte no Comitê Nacional do Sistema Nacional de Localização e Identificação de Desaparecidos (Sinalid).

“Estamos fazendo contato com os órgãos que lidam com desaparecimento de pessoas no Amazonas para a obtenção dos dados que vão alimentar o sistema nacional. É importante ressaltar que o Plid-Amazonas não se trata só de registro, porque já temos órgãos que cuidam disso. O Sinalid faz cruzamento de dados no Brasil todo, ampliando a capacidade de se encontrar as pessoas desaparecidas”, disse a promotora de Justiça Lucíola Valois Coelho.

O programa tem caráter permanente e visa aperfeiçoar a atuação do MPE-AM em defesa da cidadania plena, promovendo uma interação com a sociedade e órgãos de imprensa, por meio de campanhas de divulgação s e de prevenção ao fenômeno social do desaparecimento.

O programa visa, ainda, a realização de busca de pessoas desaparecidas, além de ofertar apoio aos demais órgãos municipais e estaduais.

Com informações do MPE-AM.