MPE investe em projeto social para inibir assistencialismo no interior do Amazonas

O Ministério Público do Estado (MPE-AM) lançará, na próxima quarta-feira (5), às 9h, na sede do órgão, em Manaus, o projeto “Amazônia Viva” para inibir o assistencialismo e o quadro de dependência econômica que vive grande parte das populações do interior do Amazonas. O projeto busca encontrar alternativas econômicas para o interior do Estado.

O projeto foi idealizado pelo promotor de Justiça de Alvarães (531 quilômetros de Manaus), Roberto Nogueira. Atualmente, o município de Alvarães vive uma experiência diferenciada: estão sendo identificadas e fomentadas oportunidades de geração de emprego e renda de forma sustentável, contando com a cooperação e sinergia entre o poder público, iniciativa privada e instituições como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

Segundo o MPE-AM, o “Amazônia Viva” procura enaltecer a cidadania, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa, impulsionando a população a se aperfeiçoar, melhorar seu padrão de vida e traçar um novo futuro para seus descendentes.

Foram convidados para o lançamento do projeto empreendedores do interior, produtores rurais de alimentos orgânicos, marceneiros e artesãos, que poderão, inclusive, expor seus produtos . Também foram convidados representantes dos poderes públicos, da iniciativa privada, universidades, institutos técnicos e sociedade civil organizada.

Com informações do MPE-AM.