MPE investiga gastos de R$ 700 mil com atrações nacionais para Festa dos Visitantes de Parintins

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou procedimento preparatório para investigar possíveis irregularidades na contratação de serviços, que foram pago com dinheiro público para a realização da Festa dos Visitantes 2018. Neste ano, a festa contou com a presença das atrações nacionais DJ Alok e a dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano.

Segundo o Diário Oficial dos Municípios, o cachê do grande nome da música eletrônica atual, DJ Alok foi de R$ 350 mil. O mesmo valor foi pago para a dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano. Os dois shows somam o valor de R$ 700 mil.

Além deles, a festa que acontece todos os anos para recepcionar os turistas que vão participar do tradicional Festival Folclórico de Parintins, teve os shows regionais do pagodeiro Uendel Pinheiro e artistas dos bumbás Garantido e Caprichoso.

De acordo com a publicação do MPE, o procedimento preparatório n° 001/2018 foi instaurado no dia 26 de junho, pela promotora de Justiça da Comarca de Parintins Carolina Monteiro Chagas Maia. A informação consta no Diário Oficial do órgão da última sexta-feira (29).

Outra investigação

No último dia 21 de junho, a também promotora de Justiça de Parintins Lilian Nara Pinheiro de Almeida instaurou outro procedimento preparatório para investigar as despesas da festa referente a contratação da empresa Nave Balada Produções Artísticas Ltda, responsável pela realização do show musical da dupla Zé Neto e Cristiano, para a Festa dos Visitantes deste ano.