​MPF investiga fraude no pagamento de professores com recurso federal em Santa Isabel

A má aplicação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) em Santa Isabel do Rio Negro (a 630 quilômetros de Manaus) é alvo de investigação do Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM). O órgão ministerial abriu inquérito civil para apurar suposta fraude no pagamento do recurso federal aos professores do município.

A Procuradora da República que assina o inquérito, Bruna Menezes da Silva, informa que considerou o procedimento preparatório nº 1.13.000.000185/2018-86 para abrir a investigação.

Segundo a publicação, o inquérito foi instaurada pelo prazo de 1 (um) ano para “apurar supostas irregularidades relacionadas à ausência de pagamento, no mês de setembro (2017), aos professores municipais de Santa Isabel do Rio Negro contratados com recursos do Fundeb”.

A portaria n°18 foi publicada no Diário Oficial do MPF, nesta segunda-feira (13).