Anúncio

MPF investiga irregularidades na prestação de contas de recursos federais no Amazonas

O Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM) instaurou inquérito civil para investigar possíveis irregularidades na prestação de contas de recursos repassados pelo Ministério da Saúde ao município de Uarini (a 595 quilômetros de Manaus). Os valores seriam para aquisição de equipamento e material permanente para a unidade básica fluvial na cidade.

Segundo a publicação, o MPF considerou uma representação feita pelo município de Uarini contra o ex-prefeito, Carlos Gonçalves de Souza Neto, mais conhecido por Carlinhos, devido supostas irregularidades no Convênio nº 54333/2011, SIAFI 762735, firmado durante sua gestão.

O Ministério Público também considerou que o município está impedido de firmar convênios com quaisquer órgãos das esferas estadual ou federal em virtude do convênio investigado.

A informação foi publicada no Diário Oficial do MPF-AM, nessa quarta-feira (3). A Portaria n°17 é assinada pelo procurador da República Bruno Rodrigues Chaves.

Confira a publicação na íntegra