Anúncio Advertisement

MPF vai acompanhar medidas adotadas pela Ufam contra assédio

A procuradora da República Michele Gil Corbi instaurou um Procedimento Administrativo no Ministério Público Federal (MPF) para acompanhar as medidas implementadas pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) para prevenção e combate ao assédio na instituição. (Veja portaria no final da matéria)

Em outubro deste ano, o órgão emitiu recomendação à Ufam para adotar uma série de medidas que visavam o combate ao assédio moral ou físico contra professores da instituição. O Ministério Público justificou as notícias veiculadas pela imprensa local sobre agressões físicas praticadas por alunos contra os educadores.  

Para instaurar o procedimento, a procuradora considerou “as informações trazidas pela Comissão de Combate ao Assédio Moral (CCAM) da Ufam, indicando que as medidas adotadas pela Administração da Universidade são insuficientes”.

A portaria de abertura foi publicada nessa quinta-feira (13), no Diário Eletrônico do MPF.