Mulher morre e criança desaparece após canoa virar durante temporal em Manaus

 

Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

A dona de casa Sandrinha Carvalho, 56, morreu afogada, e sua neta, Lizandra Barros, de oito anos, está desaparecida, após a canoa em que elas estavam virar durante o temporal que atingiu Manaus nessa sexta-feira (7).

Seis pessoas, sendo quatro adultos e duas crianças, estavam na canoa e voltavam do bairro Colônia Terra Nova, na zona Norte, com destino ao Colônia Antônio Aleixo, na zona Leste de Manaus. Após um forte banzeiro, a canoa virou, deixando a dona de casa e sua neta desaparecidas. Sandrinha Carvalho foi encontrada na manhã deste sábado (8), por familiares, enrolado em uma malhadeira.

Até a edição desta matéria, a criança segue desaparecida. Equipes do Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM) e da Marinha do Brasil seguem nas buscas.

Na noite desta sexta-feira, uma forte chuva acompanhada de ventos fortes atingiu Manaus. Árvores caíram, casas foram destelhadas e a população relatou, por meio de redes sociais, a interrupção no fornecimento de energia elétrica em diversos bairros da capital.

Em nota, a Eletrobras Distribuição Amazonas informou que, devido os ventos e as descargas atmosféricas, houve desligamentos de alimentadores em vários pontos da cidade.

Com informações do Corpo de Bombeiros e do G1 Amazonas.