Mulher tem cabeça esmagada por ônibus ao desviar de buraco em Manaus

Moradores das proximidades, informaram que acidentes nesse ponto da avenida são comuns devido aos buracos

Foto: Divulgação

Uma técnica de enfermagem identificada como  Elizangela Sisnando de Abreu, 36 anos, morreu na tarde desta quinta-feira (9), após ter a cabeça esmagada por um ônibus na Avenida Camapuã, zona Norte da capital amazonense.

De acordo com testemunhas, a vítima estava indo deixar o filho que também estava na motocicleta na escola, quando se desequilibrou por causa de um buraco e acabou caindo na pista e o ônibus passou com os pneus em cima da cabeça da mulher.

A mulher que estava usando capacete morreu na hora e a criança teve ferimentos leves, ficou em estado de choque e foi levado para um hospital que fica bem em frente ao local do acidente.

Moradores das proximidades, informaram que acidentes nesse ponto da avenida são comuns devido aos buracos.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e fez a remoção do corpo, o caso deve ser investigado pela Policia Civil.