Mulheres dominam lista de famosos usados de isca em cibercrimes

lilyAs mulheres lideram a lista das celebridades estrangeiras mais usadas como isca para crimes na web, segundo um estudo da empresa de segurança da informação McAfee sobre as personalidades mais perigosas, divulgado nesta terça-feira (17).

Dominando o top dez, as mulheres só abrem espaço para Jon Hamm, da série “Mad Men”, O único homem na lista, em 8º lugar. A líder é Lily Collins, apresentadora teen da Nickelodeon.

Segundo a empresa, os cibercriminosos tiram proveito das tendências culturais e de personalidades presentes em premiações, novos filmes e programas de TV. A imagem dessas pessoas é utilizada como isca para consumidores que buscam informações sobre elas.

Exibindo links sobre esses famosos, os criminosos levam os internautas incautos a páginas que possuem programas maliciosos, capazes de roubar informações pessoais, como senhas.

Segundo a McAfee, a busca pelos termos “download de app grátis” e “fotos nuas” acompanhados dos nomes de alguma celebridade geraram o maior número de sites perigosos neste ano.

As buscas por informações relacionadas a Lily Collins geraram 14,5% de risco de cair em um site com ameaças on-line (spyware, adware, spam, phising, vírus e outros malwares). Isso quer dizer, que a cada cem buscas, quase quinze continham programas maliciosos.

A companhia aponta ainda que, além das mulheres, os músicos também são as iscas preferidas. Entre os dez primeiros lugares, são três ocorrências. Mas há ainda Shakira (11º), Justin Timberlake (12º), Selena Gomez (14º), Demi Lovato (16º), Miley Cirus (20º), Rihana (28º), Lady Gaga (30º), Beyonce (34º) e Pitbull (50º).

Veja a lista dos famosos estrangeiros mais perigosos:

1) Lily Collins – 14,5%
2) Avril Lavigne – 12,7%
3) Sandra Bullock – 10,8%
4) Kathy Griffin – 10,6%
5) Zoe Saldana – 10,5%
6) Kate Perry – 10,4%
7) Britney Spears – 10,1%
8) Jon Hamm – 10%
9) Adriana Lima – 9,9%
10) Emma Roberts – 9,8%