No Mundo do Faz de Conta até café da manhã é pura montagem de cena?

melo cafe

Bobeou, o Radar captou! Depois de escolas de Tempo Integral que so existem em cidades virtuais, telefones do Ronda no Bairro em que policiais atendem imediatamente a população, mamógrafos que estão instalados na propaganda, mas na verdade se acabam dentro de caixas de papelão, jogados pelos cantos de hospitais no interior do Estado e até hospital inaugurado (Hospital da Zona Norte) onde diz que existem 150 leitos, mas essa ala do hospital nem está em funcionamento, só faltava o Radar captar que até um simples café da manhã do Horário de Propaganda Gratuita do governador e candidato à reeleição, José Melo, não passa de mera montagem de cena.

Numa imagem da propaganda, em que Melo aparece contando sua estória de menino humilde que nasceu no seringal, ele está num barco tomando café da manhã, assim como em outro programa aparece tomando café da manhã na casa de uma eleitora que teria recebido casa do Governo do Estado. Até aí tudo bem, se não fosse o caso da produção do seu programa eleitoral montar a cena com o mesmo bule, a mesma cestinha de pão e as mesmas xícaras (setas). E aí todo mundo percebe, principalmente no caso do café da manhã com a a eleitora, que a situação foi montada. Melo na verdade não foi convidado para tomar café na casa da dita senhora. E o eleitor também fica constrangido porque se sente tratado como leso, né gente? (Any Margareth)