Murad Aziz vira alvo da PF novamente após descumprir decisão judicial

A Polícia Federal, nesta quarta-feira (21) voltou a academia AZ Fitness de propriedade de Murad Aziz, irmão do ex-governador e atualmente senador, Omar Aziz. As notícias que chegam ao Radar dão conta de que Murad Aziz teria descumprido decisão judicial.

Durante a Operação Cashback, um desdobramento da Operação Maus Caminhos, a PF esteve na academia de Murad Aziz e colocou uma espécie de etiquetas nos equipamentos significando que era permitido o uso desse material, mas ele não poderia ser vendido ou dada qualquer outra destinação. É como se esses bens estivessem bloqueados até o término das investigações da PF sobre desvio de recursos públicos da saúde.

“Murad Aziz ficou com os equipamentos como uma espécie de fiel depositário”, explica fonte do Radar. Só que Murad Aziz decidiu retirar as etiquetas, segundo nossa fonte, porque achava constrangedor que os alunos da academia fizessem suas atividades físicas em equipamentos com um lacre da PF.

Só que a polícia tomou conhecimento da retirada dos lacres e hoje voltou a academia de Murad. Até o término dessa matéria chegaram dois tipos de informação, de que desta vez a academia estaria sendo lacrada e de que apenas os equipamentos estavam sendo confiscados pela PF.