“Música no Espaço” volta para as duas últimas apresentações

foto-musica-espaloO concerto ‘Música no Espaço’, que lotou o Teatro Amazonas em três edições, voltará ao palco principal do Estado com mais duas apresentações nos dias 29 e 30 de março, às 20h e 19h respectivamente, em eventos promovidos pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

Os valores dos ingressos devem ser os mesmos das edições anteriores: R$ 20 para plateia e R$ 10 para frisas e camarotes e já estão disponíveis deste sexta (7), na bilheteria do teatro.

De acordo com o titular da SEC, Robério Braga, o sucesso do espetáculo foi surpreendente. Para ele, concertos menos tradicionais como este representam uma democratização da manifestação artística.

“Fiquei bastante entusiasmado. Adorei a apresentação, pois estamos atraindo um público mais jovem, que começou a ver que a música erudita está nos comerciais, nos filmes, na televisão e nas bandas de rock”, sintetizou.

Assim como nas apresentações anteriores, a Orquestra Filarmônica do Amazonas, sob a regência do maestro Marcelo de Jesus, promete muitas surpresas e elementos cênicos em sua apresentação. “A grande aceitação do público nos abre para novas possibilidades e inovações no futuro próximo”, revelou o regente.

O concerto começa com “Assim falava Zaratustra” do alemão Richard Strauss e escolhida para a cena de abertura do filme clássico “2011, Uma Odisseia no Espaço”, sendo considerada atualmente uma das mais conhecidas trilhas sonoras do cinema de todos os tempos.

A segunda parte tem como tema o Universo pela visão e sensibilidade do compositor inglês Gustav Holst em sua suíte “Os Planetas”, na qual elemento do Sistema Solar tem uma identidade própria e exclusiva.

Por fim, devidamente caracterizados, a Filarmônica volta ao palco para a “Star Wars Suite”, do norte-americano John Williams. Composta para a série de filmes “Guerras nas Estrelas”, as peças – incluindo “The Imperial March (Darth Vader’s Theme)” – fazem parte da cultura pop mundial ao mesmo tempo em que são consideradas pelos especialistas algumas das mais virtuosas obras para orquestra nas últimas décadas.

Para mais informações sobre os espetáculos, projetos, museus, bibliotecas, espaços culturais, editais e demais ações promovidas pela Secretaria de Cultura acesse facebook.com/culturadoamazonas.