Na Aleam, médico denuncia abandono do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro

O médio Israelson Taveira apresentou um projeto que pode ser utilizado para a revitalização do prédio

Foto: Reprodução

O abandono do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, localizado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, zona Centro-Sul de Manaus, foi colocado em pauta na manhã desta quinta-feira (25) durante sessão plenária da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Na ocasião, o médico plantonista da unidade saúde, Israelson Taveira, fez um apelo para que o prédio do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro fosse revitalizado e ainda alertou que a saúde mental foi esquecida no Amazonas.

“Eu vim aqui trazer um SOS de socorro, não só como instituição, mas como milhares de vidas que necessitam e precisam desse serviço com qualidade e restruturado […] Infelizmente a saúde mental foi esquecida e não foi reestruturada para a atualidade. Mas podemos reverter esse papel. Os transtornos mentais precisam de um centro de referência. Em meio a uma pandemia, saúde mental é prioridade”, disse.

Em seu discurso na tribuna, Israelson mostrou um vídeo que traz o desenho 3D, feito junto com a Aliança em Inovações Tecnológicas e Ações Sociais (Aitas), de como seria a revitalização do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro.

“A realização desse desenho foi um sonho, mas nada é feito sozinho. É um novo modelo psiquiátrico de atendimento humanizado de urgência e emergência”, reitera.

eduardo ribeiro 2

Foto: Reprodução/TV Aleam

O deputado estadual Dermilson Chagas (Podemos) se mostrou a favor da revitalização do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro e cobrou um posicionamento do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC).

“Estive fazendo uma visita no Eduardo Ribeiro para ver as condições que o prédio se encontra. Faltam palavras para dizer o quanto é desumano deixar o hospital sem orçamento […] Me dói muito que os governadores, de uma forma geral, que essa doença (mental) passa despercebida. Muitas famílias precisam desse hospital. Podemos conversar com o deputado Felipe (Souza) para saber o governador se sensibilize com essa situação”, falou.

Cobrança 

Em maio deste ano, o Radar Amazônico noticiou que o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) cobrou do Governo do Amazonas melhorias para a recuperação do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro.

Na época, o apelo do parlamentar aconteceu após o Ministério Público do Amazonas (MPAM) e o Ministério Público Federal (MPF) ingressarem com uma ação para reverter o quadro do hospital, considerado referência no tratamento psiquiátrico no Amazonas, que funcionou como manicômio durante 120 anos.