Na surdina, vereadores de Coari ouviram depoimento de Adail Pinheiro no quartel, mas não adiantou porque do Radar não escapou

quartel-adail

Antena do Radar captou a distância a chegada da Comissão Processante  no Quartel de Cavalaria

Apesar da estrutura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) ser paga com dinheiro público – isso é o mesmo que dizer que é com o nosso dinheiro -, tem político que acha que deve (e pode) agir como se fosse privadas informações que deveriam ser públicas. Foi desta forma que agiram os vereadores de Coari, na terça-feira (29), quando sem ninguém ficar sabendo foram ao Quartel de Cavalaria, no bairro Dom Pedro, diz que para ouvir o depoimento do prefeito de Coari, Adail Pinheiro, que está preso há quase três meses, como parte das atividades da Comissão Processante, instalada no dia 18 de fevereiro, após denúncia com pedido de cassação feita ao Legislativo pelo pastor evangélico Casimiro Pereira de Brito, e o membro do Conselho de Cidadão de Coari, Raione Queiróz.

Assim como o Radar publicou anteriormente, como forma de explicar porque a comissão processante se arrasta a passos de tartaruga desde fevereiro, os vereadores de Coari deram como explicação de que ainda faltava ouvir o depoimento do prefeito Adail Pinheiro, segundo eles, última atividade antes de ser elaborado o relatório final da comissão. Eles acharam necessária essa espécie de defesa verbal feita pelo prefeito, mesmo que isso já tenha sido feito pela assessoria jurídica de Adail Pinheiro e entregue à Comissão Processante.

Os vereadores ficaram dias em Manaus e, sem dar uma linha de informação, fazendo tudo na surdina, foram ao quartel na tarde de terça-feira (29) onde, segundo fontes da policia, chegaram por volta das 16hs, e saíram logo após às 18hs, ficando mais de duas horas ouvindo Adail Pinheiro, numa sala do quartel que foi destinada para que o prefeito prestasse depoimento. Mas, como nada escapa do nosso Radar, estamos tratando de passar a informação – coisa que os vereadores não quiseram fazer – de que o depoimento de Adail já foi tomado pela Comissão Processante, agora é esperar pra ver quanto tempo vai levar para o relatório final aparecer, e se ele vai aparecer, ou até se vão ser dois relatórios como aconteceu com a CPI sobre fraudes em licitação. (Any Margareth)

Foto: Zezinho Rodrigues