Na volta ao Brasil, Luan responde às críticas: “Podem falar o que quiser”

Vice-campeão no Mundial de Clubes, o Grêmio está de volta ao Brasil após a disputa nos Emirados Árabes. A delegação chegou na manhã desta segunda-feira no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, e parte do grupo seguirá para Porto Alegre em voo fretado. No desembarque, o atacante Luan respondeu às críticas que recebeu após a partida decisiva contra o Real Madrid, que levou a taça ao vencer por 1 a 0. O jogador disse “não ligar”, mas deixou claro o descontentamento.

– O torcedor pode falar o que quiser, né? Eu tento entrar todo jogo… mas é fácil, né? Há duas semanas a gente foi campeão da Libertadores e o time todo era bom. Agora que perdeu um jogo para o Real Madrid é todo mundo ruim? Mas isso é normal, coisa de torcedor, não ligo para isso. Podem falar o que quiser, minha cabeça está boa. Sei que nas condições que eu tinha tentei ajudar meus companheiros, isso que importa – disse.

Questionado sobre o companheiro, o goleiro Marcelo Grohe defendeu o jogador. Ele acredita que o atacante, pela qualidade que tem, acaba também sendo mais cobrado.

– É um grande jogdor, muito talentoso, e obviamente se espera muito sempre do Luan, pela qualidade que ele tem. Mas a equipe deles (Real Madrid) conseguiu neutralizar a nossa e não tivemos a bola. Não tem como culpar A, B ou C. Infelizmente, não conseguimos jogar, na maior parte do tempo marcamos, pela qualidade do Real Madrid. Particularmente, não vejo dessa forma – afirmou.