Navio MSC Preziosa chega ao Rio com cerca de 20 casos de Covid, diz secretaria

O navio estava em Búzios, na Região dos Lagos. Empresa de cruzeiros divulgou nota confirmando casos de Covid

navio-2-

Foto: Reprodução/TV Globo

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio informou que há cerca de 20 casos confirmados de Covid no navio MSC Preziosa, que atracou na manhã deste domingo (2) no Píer Mauá. A embarcação veio de Búzios, na Região dos Lagos.

Todas as pessoas e quem teve contato com elas estão em isolamento a bordo, segundo a nota da secretaria (Leia a íntegra abaixo).

“Em contato com a ANVISA, a Secretaria Municipal de Saúde foi informada de que há cerca de 20 casos confirmados de covid-19 no navio MSC Preziosa e de que foi liberada a atracação da embarcação no Porto Rio, na manhã deste domingo (2). Todos os pacientes, assim como os cerca de 35 a 40 contactantes, estão cumprindo isolamento a bordo.

O Centro de Informação Estratégica em Vigilância em Saúde (CIEVS) do município já recebeu e analisou o Livro Médico de Bordo e realizará a investigação epidemiológica em conjunto com a ANVISA assim que a embarcação estiver devidamente atracada, a fim de determinar o cenário epidemiológico da embarcação e tomar as medidas de prevenção e controle”, diz a nota da secretaria.

Na noite de réveillon, o navio ficou ancorado na Praia de Copacabana. Depois da virada do ano, ele seguiu direto para a cidade de Búzios, onde foram identificados os casos de Covid.

A empresa responsável pelo navio divulgou uma nota confirmando casos da doença a bordo.

“Identificamos um pequeno número de casos de COVID-19 entre as pessoas que estão a bordo do MSC Preziosa, que representa 0,6% do total da população bordo. Todos os casos são assintomáticos ou com sintomas leves” , diz um trecho da nota da empresa MSC Cruzeiros.

Anvisa recomenda suspensão da temporada de cruzeiros

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já recomendou que o Ministério da Saúde suspenda a temporada de cruzeiros no país após registros de casos da doença em dois navios que estavam em Santos e na Bahia no fim do ano.

Autoridades da Saúde do Estado investigam 201 casos suspeitos da variante ômicron no RJ. O mapa de risco divulgado pela Saúde do Estado do Rio nesta sexta-feira (31) mostra que o estado segue com bandeira verde, risco muito baixo para transmissão da Covid.

O levantamento indica uma queda de 48% no número de mortes provocados pela doença e 69% nas internações.

No entanto, o avanço da ômicron preocupa e os especialistas alertam para a importância da vacinação e atenção aos sintomas.