Neste sábado (06) Teatro Amazonas recebe show especial do grupo Gaponga

O show traz no repertório composições do grupo e músicas que falam sobre a temática amazônica

Foto: divulgação

Grandes sucessos e com sonoridades amazônicas serão apresentados neste sábado (6) às 20h, no Teatro Amazonas (Largo de São Sebastião, Centro), com o grupo Gaponga, e as participações especiais de artistas dos municípios de Silves, Manaquiri, além de músicos convidados. O show intitulado Terreiro Musical está com ingressos a vendas na bilheteria do teatro ou no site www.bilheteriadigital.com.

A apresentação vai ser transmitida pela TV Encontro das Águas, no canal 2.1, da TV aberta.

Formado por Sofia Amoedo, Celdo Braga, João Paulo, Neil Armstrong Junior e Defson Braga (Shakal), o grupo Gaponga – cujo nome significa o som dos frutos e sementes caindo no igapó – traz um repertório autoral, executado em instrumentos de percussão criados e confeccionados pelos integrantes da banda a partir de matérias-primas como cuias, sementes, tubos de papelão descartados, troncos de palmeiras e outros organismos encontrados na floresta.

O show traz no repertório composições do grupo e músicas que falam sobre a temática amazônica, nesta noite eles inseriram “Canoeiro”, de Fábio Silva, “Água Doce”, de Celdo Braga, “Pinicapau”, de Celdo Braga, “Motor de Rio”, do grupo Gaponga composta em coletivo e muitas outras. A produção executiva é On produção Cultural & Assessoria.

Para abrilhantar a noite, as participações especiais do pianista Célio Vulcão, do Quarteto Solimões, formado pelos musicistas Alexandra Tcherkezova, Fernando Lima, Gabriel Lima e Edoardo Sbaffi; do grupo de dança “Dançar Estúdio”.

O ponto forte da apresentação será a participação de artistas do inteirior do estado, onde o grupo realizou oficinas para a confecção de bioinstrumentos. Da cidade de Manaquiri a cantora Jeniffer Camily se apresenta ao lado do grupo. Já a cantora Ludimila Dara, será acompanhada por seis músicos do município de Silves, que no palco exibirão os próprios instrumentos, criados durante o curso ministrado pelo multi-instrumentista João Paulo Ribeiro e Celdo Braga, nas respectivas cidades.

Protocolos

O Teatro Amazonas adotou todos os protocolos para prevenir a transmissão da Covid-19, como distanciamento social de 1,5 metro, totens de álcool em gel em pontos estratégicos, funcionários treinados e com equipamentos de proteção, aferição de temperatura na entrada do espaço e limpeza e higienização do local. O uso de máscara é obrigatório.

(*) Informações da assessoria