Neste sábado (25) tem a 3º edição da Feira da Agricultura Familiar (Agroufam)

A terceira edição da Feira da Agricultura Familiar (Agroufam) realizada no Park Vieiralves acontece no próximo sábado, 25, a partir das 6h. Como marca registrada do evento, os próprios agricultores e artesãos de comunidades do Amazonas comercializarão os produtos, com autonomia, preço justo e com garantia de uma segurança alimentar e nutricional.

Adquirir frutas, verduras e hortaliças da agricultura familiar é o mesmo que estar incentivando a produção saudável de alimentos, “com todo um cuidado no manuseio da terra e sem uso de insumos artificiais”, conforme explica a coordenadora da Agroufam, Jozane Lima. Todos os expositores estão passando por um treinamento realizado pelo Programa Estratégico para Transferência de Tecnologias (Proexti) para o setor rural, em parceria com o Núcleo de Socioeconomia da Universidade Federal do Amazonas (Nusec).

“Os produtores que estão hoje no Park não são orgânicos, apesar de produzirem os alimentos de forma orgânica. Ainda não podem ser considerados porque estão sendo acompanhados neste processo de certificação”, explica Jozane. A produção de base agroecológica, que é a forma como os produtores trabalham, é baseada em práticas sustentáveis, possibilitando a redução da contaminação, degradação e desperdício de solo, da água e do ar. “Também há uma redução da dependência de insumos externos, pois eles usam mais o que tem na propriedade deles”, complementa.

Folhas, galhos, restos de alimentos são utilizados na produção dos insumos e adubos. “Hoje temos pessoas que produzem de forma agroecológica o alface, a couve, tomate cereja e plantas que não são conhecidas pelo mercado local, mas que são plantas nossas, as não convencionais que são hortaliças da nossa região, cultivadas por nossos agricultores e que deixaram de existir no mercado. Agora com esse trabalho de educação agroecológica eles passaram a plantar novamente essas hortaliças”, completa.

Produtores

Produtores de pelo menos 12 municípios do Amazonas estão envolvidos. Entre as comunidades estão a Rio Mutuca, localizada no município de Autazes; Comunidade São José, São Francisco e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Careiro da Várzea; Comunidade Maroága, Presidente Figueiredo; Associação Jasmine, Cacau Pirêra.

Entre os produtos cultivados no âmbito familiar de pequenas propriedades estão o maracujá; jerimum; abacaxi; abacate; cacau; queijo; açaí; macaxeira; cheiro verde; pimenta de cheiro; pimenta ardosa; pimentão; plantas medicinais, tubérculos, leguminosas e muito mais.

Além disso, artesanatos em geral, molhos artesanais e fitocosméticos podem ser encontrados na Agroufam. Para esta terceira edição estão sendo incorporados novos produtores de frutas.

Vantagens

Jozane Lima explica que uma das vantagens de comprar da agricultura familiar é poder adquirir alimentos saudáveis e sem contaminantes. “A vantagem de consumir produtos de base agroecológica é que faz uma prevenção a saúde e aí estimula também que os agricultores continuem a investir nessas práticas, pois hoje existe uma procura por esses produtos com maior valor nutricional”.

A feira Agroufam, lançada em 2014, é um projeto de organização social fruto do Programa Estratégico para Transferência de Tecnologias para o Setor Rural (ProRural), desenvolvido pelo Núcleo de Socioeconomia da Universidade Federal do Amazonas (Nusec).

Tradicionalmente, acontece nas dependências da Ufam. Porém, desde o início do mês a feira está ainda mais perto dos consumidores, no espaço Park Vieiralves, na Zona Centro-Sul de Manaus, a partir das 6h, todos os sábados.

Asscom JACC Economia Criativa