Neusa Borges vende brechó por não poder arcar com aluguel na pandemia

Foto: Reprodução/ Instagram

A atriz Neusa Borges, de 78 anos, confessou que precisou vender seu brechó por não conseguir arcar com os custos do aluguel durante a pandemia.

Em entrevista concedida à coluna de Patrícia Kogut no jornal O Globo, a estrela de “O Clone”, “Salve Jorge” e “Caminho das Índias” contou que a situação do brechó era uma preocupação, conforme a crise financeira se agravava no começo do isolamento.

“Vendi porque era uma preocupação. Depois, recebi algumas cestas básicas dos amigos que nunca se esquecem de mim e está tudo bem”, explicou a atriz sobre a lojinha de roupas usadas, que recebeu doações de atrizes com quem Neusa trabalhou — entre elas, Bruna Marquezine.

Ondina Borges, filha de Neusa, afirmou que “houve frustração ao entregar a loja, mas havia uma preocupação com o pagamento dos aluguéis”.

A atriz tem passado a quarentena isolada em Salvador, onde mora com a família. Ela relata que a única coisa que a chateou durante o isolamento foi a falta da amada cerveja.

Nos meses passados, a única coisa que me aborreceu foi ter deixado de lado minha cervejinha. Agora tenho ficado em casa, gosto de ler um bom livro, ver um bom filme, faço palavras cruzadas… Sou uma boa dona de casa.

“O coronavírus me segurou dentro de casa. E por conta da cirurgia também tive que passar por um repouso absoluto, por um regime rigoroso. Agora, quanto à dieta, já voltei ao normal”, contou Neusa ao jornal.