No Dia do Professor, Asprom Sindical faz homenagem aos profissionais vítima da Covid-19

No dia do professor, celebrado nesta quinta-feira (15), o Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (Asprom Sindical) fez uma homenagem, na orla da Ponta Negra, zona Oeste de Manaus, aos profissionais da educação, que perderam a vida pela covid-19,

Diversas cruzes foram deixadas na grama de um dos principais cartões postais de Manaus para relembrar as vítimas da covid-19. De acordo com coordenador de comunicação da Asprom Sindical, Lambert Melo, desde o início da pandemia de coronavírus no Amazonas, mais de 30 professores já morreram em decorrência da Covid-19 e cinco morreram após o retorno presencial das aulas.

“Nós temos hoje quase 4 mil professores que testaram positivo para covid-19 e que estão dando seu jeito para não terem o mesmo destino dos que estão sendo homenageados hoje aqui. Nesse dia do professor não temos nada a comemorar, mas ainda temos muito a lamentar” , disse Lambert Melo.

Homenagem

Além das cruzes, várias fotografias de pedagogos e professores que morreram este ano também foram expostas como uma forma de homenagem.

A classe dos professores teme que mais profissionais continuem perdendo a vida, tendo em vista que muitos tem sido obrigados a trabalhar mesmo estando com a Covid-19, conforme denúncias feitas pela Asprom Sindical.