Noruega investiga desaparecimento de co-fundador do WikiLeaks

A polícia da Noruega informou neste domingo(2), que está investigando o desaparecimento de um sócio do fundador da Wikileaks Julian Assange, Arjen Kamphuis, especialista em cibersegurança visto pela última vez há quase duas semanas no norte da Noruega.

“Abrimos um inquérito”, disse um porta-voz da polícia, Tommy Bech, citado pela agência francesa AFP.

O WikiLeaks divulgou através de sua conta no Twitter uma foto de Arjen Kamphuis, e relatou seu “estranho desaparecimento”. Afirmando que ele foi visto pela última vez em 20 de agosto deixando o hotel em que estava hospedado.

Fonte: Notícias ao Minuto