Nova CNH começa a valer nesta quarta (1º) em todo o país; veja o que muda

Motoristas de todo o Brasil terão um novo modelo de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) a partir desta quarta-feira (1º) quando fizerem a renovação do documento ou forem habilitados pela primeira vez.

Entre outras novidades, o novo documento permitirá que o condutor peça a impressão do nome social e filiação afetiva –quando os pais não são os biológicos, mas reconhecidos judicialmente–, se desejar.

A nova CNH, anunciada no começo do ano, cumpre resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), publicada em 13 de dezembro do ano passado no Diário Oficial da União.

A substituição não é obrigatória e ocorrerá gradualmente para novas habilitações.

A resolução do Contran prevê que o documento poderá ser expedido no formato físico, digital ou ambos. A escolha cabe ao motorista.

Foi incorporado um código internacional utilizado nos passaportes, que permite ao condutor embarcar em terminais de autoatendimento nos aeroportos brasileiros.

Segundo a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), órgão ligado ao Ministério de Infraestrutura, a ideia é aproximar mais o documento dos padrões internacionais. Com informações impressas em inglês e espanhol, além do português, o documento facilitará o uso em outros países.

No verso, a nova CNH conta com uma tabela para identificar os tipos de veículos que o motorista pode dirigir.

Também há informações sobre o exercício de atividade remunerada e possíveis restrições médicas.

O documento vai ganhar mais uma cor. Além do verde, terá também o amarelo e novos elementos gráficos para dificultar a falsificação e fraudes.

Como ocorre com as carteiras de habilitação emitidas desde 2017, a nova CNH mantém QR Code que permite a validação do documento, ou seja, armazena todas as informações contidas do documento, inclusive a fotografia, menos assinatura.

Segundo o Detran (Departamento de Trânsito) de São Paulo, a taxa para emissão da nova carteira se mantém em R$ 116,50, que inclui o envio pelos Correios (Banco do Brasil, Bradesco, Santander e casas lotéricas).

Atualmente, 152.620 pessoas estão com a CNH vencida no estado de São Paulo.

RENOVAÇÃO DE CNH

Motoristas que tiveram a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida em janeiro e fevereiro de 2021, quando os prazos estavam suspensos por causa da pandemia de Covid-19, têm somente esta terça-feira (31) para fazer a renovação.

Até 30 de junho corre o prazo para os motoristas que tiveram o documento vencido entre março e abril do ano passado.

Os prazos para renovação da CNH foram estabelecidos pelo Contran, que em novembro do ano passado definiu um calendário para os condutores regularizarem o documento, conforme o mês de vencimento (veja datas abaixo).

Quem renovar a carteira agora vai ser beneficiado pelo novo CBT (Código Brasileiro de Trânsito), que, desde 12 de abril do ano passado, ampliou o prazo de vencimento —um motorista com idade abaixo de 50 anos que teve sua carteira vencida antes de a nova legislação entrar em vigor, mas que fizer a renovação após essa data, terá sua carteira com validade de 10 anos, e não de 5 anos, como na regra anterior, segundo o Contran.

A multa para quem for flagrado com o documento vencido é considerada gravíssima, com sete pontos na carteira de habilitação. O motorista terá de pagar R$ 293,47.

Em São Paulo, a renovação da CNH pode ser feita de forma online pelo sites do Detran e do Poupatempo, que também disponibiliza um aplicativo.

Se o motorista optar por fazer o processo de forma presencial, deve realizar o agendamento pela internet.

COMO FAZER A RENOVAÇÃO EM SÃO PAULO

Taxas
Exame médico: R$ 105,50
Emissão e envio pelos Correios: R$ 116,50

Presencialmente

É preciso fazer agendamento no site do Poupatempo

Pela internet

  • Procedimento pode ser feito pelo site do Detran-SP
  • Mas é necessário agendar exame médica em clínica indicada pelo departamento
  • Após realização do exame, o motorista deve pagar a taxa
  • A CNH será entregue em casa

Por aplicativo | veja o passo a passo

  • Acesse a loja do seu celular e procure pelo aplicativo do Poupatempo
  • Após instalado, abra a ferramenta na aba serviços e siga o seguinte caminho: CNH e, depois, renovação de CNH
  • Preencha os dados solicitados
  • O aplicativo mostra sua foto e dados da CNH anterior
  • Escolha data, horário e local para agendamento do exame médico
  • Após realização do exame, o motorista deve pagar a taxa
  • A CNH será entregue em casa

Se o motorista exercer atividade remunerada, também precisará agendar exame psicológicocom taxa específica de R$ 123,08

Renovação das categorias C, D ou E

O primeiro passo é marcar exame toxicológico em um laboratório credenciado Denatran (Departamento Nacional de Trânsito)

  • Para o condutor que vai renovar as carteiras de habilitação categorias A e B, selecione no aplicativo a data e hora para exame médico com um profissional credenciado pelo Detran
  • No caso de profissionais que exercem atividade remunerada é necessário que se faça também o exame psicológico
  • Após é preciso pagar a taxa de emissão e envio de R$ 116,50
  • A CNH será entregue em casa

CNH no formato digital

  • Válida em todo o país
  • Aplicativo da CDT (Carteira Digital de Trânsito) disponível nos sistemas operacionais Android e iOS

Fique atento

  • A CNH precisa estar em situação regular (nem suspensa nem cassada) para ser renovada
  • É preciso estar com a habilitação vencida ou a 30 dias do vencimento
  • Não ter processo de suspensão ou cassação em andamento