Nova Zelândia e Austrália suspendem lockdown após quase zerarem novos casos de Covid-19

Jacinda Ardern pode suspender lockdown após 11 dias sem novos casos de covid. Imagem: Getty Images

Depois de quase zerarem os novos casos de Covid-19, Nova Zelândia e Austrália anunciaram, nesta quarta-feira (17), a suspensão do lockdown regional imposto em ambos os países para contenção do coronavírus.

Em Auckland, maior cidade da Nova Zelândia, o confinamento havia sido imposto no último domingo (14) depois que três novas infecções foram confirmadas.

Nesta quarta, a primeira-ministra Jacinda Ardern suspendeu as restrições mas disse que manterá a cidade em alerta. Poucas horas depois do anúncio, outros dois casos foram confirmados.

“Não temos uma epidemia generalizada, mas simplesmente uma pequena cadeia de transmissão que é administrável por meio dos nossos procedimentos normais de rastreamento e de análise dos casos de contato”, disse a premiê.

Na Austrália, o confinamento de cinco dias no estado de Victoria também acabou nesta quarta. Não houve novos casos confirmados em um hotel de quarentena em Melbourne, que havia sido a origem do último surto.

O premiê do estado, Daniel Andrews, afirmou, porém que máscaras continuarão sendo obrigatórias tanto em ambientes internos quanto externos e as regras de distanciamento permanecem vigentes.

“Em um sentido mais amplo, estamos seguros e abertos”, disse Andrews em uma entrevista coletiva, acrescentando a ressalva de que o último surto pode não ter sido ainda totalmente contido.

Até esta quarta, a Nova Zelândia registrou 2.340 casos e 26 mortes por coronavírus, enquanto a Austrália confirmou 28.911 infecções e 909 óbitos, de acordo com os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins.