Nove anos depois, Wilson Lima nomeia 323 aprovados no concurso da PM

Foto: Reprodução

O governador Wilson Lima nomeou, na quarta-feira (5), 323 candidatos aprovados no concurso da Polícia Militar realizado em 2011. Os convocados ainda passarão pelo curso de formação de soldados e, após o treinamento, vão atuar em unidades operacionais da capital e do interior, reforçando o policiamento preventivo e ostensivo em todo o estado.

“Hoje, nós estamos convocando 323, eles já começam, inclusive, a receber pelo Estado e a partir de novembro, eles participam de um curso de formação que deve durar dez meses, depois desse período eles serão efetivados policiais. Por um lado, a gente está fazendo justiça com essas pessoas que tanto se dedicaram para passar no concurso público e também a gente reforça o quadro da Polícia Militar”, disse o governador.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, a convocação dos concursados vai ajudar a sanar um déficit histórico no efetivo da PM.

“Toda a contribuição que vier para nós é importante. Eles vão passar por um curso agora, esperamos que todos logrem êxito para que a gente possa colocar mais policiais nas ruas para dar mais segurança para a nossa população”, ressaltou o secretário.

Delegacia de combate à corrupção

Ainda na quarta, o governador formalizou o projeto de criação da Delegacia Especializada no Combate à Corrupção da Polícia Civil. O projeto de lei foi encaminhado para a Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) e a expectativa é que a nova unidade entre em operação em até quatro meses.

Pelo projeto de lei, a nova Delegacia Especializada no Combate à Corrupção (DECCOR) atuará em todo o território estadual e terá a missão de investigar crimes desta natureza praticados contra a administração estadual e as administrações municipais.

(*) Informações da assessoria