Novo ataque à ZFM pode acabar com seis mil postos de trabalho (ver vídeo)

Uma nova ameaça paira sobre o parque industrial da Zona Franca de Manaus. Empresários de outros Estados estão se articulando, através de um grupo de trabalho criado pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE), para dar incentivos que atraiam empresários do setor de celulares a produzirem em outros locais do País. Isso pode fazer com que a Zona Franca de Manaus não seja mais tão atrativa para as indústrias desse setor, o que causaria a perda de seis mil postos de trabalho.

O alerta foi feito pelo presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação, Informática e Informação (CTCII). deputado Serafim Corrêa (PSB) que convocou a todos os amazonenses, em particular a Superintendência da Zona Franca de Manaus, o Governo do Estado e a bancada federal em Brasília a agirem enquanto é tempo. “Todos nós já cansamos de sempre correr atrás de apagar incêndio. Há uma pré-disposição contra a Zona Franca de Manaus muito grande e sempre, a cada momento, na menor possibilidade, quando se pensa que está tudo bem, lá vem mais uma novidade”.