Novos promotores do MPAM começam treinamento para ingresso efetivo na função

Foto: Divulgação/MPAM

O Curso de Ingresso para novos Promotores de Justiça do Ministério Público do Amazonas (MPAM) foi promovido, na tarde dessa terça-feira (3), pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) do MPAM. O evento que teve como palestrantes, por videoconferência, o Procurador-Geral de Justiça (PGJ), Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, a Corregedora Geral do MPAM, Jussara Maria Pordeus e Silva, o Corregedor Nacional do MP, Rinaldo Reis Lima, e o Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Mauro Luiz Campbell Marques.

A palestra contou com a participação dos nove Promotores de Justiça Substitutos, classificados no último concurso realizado pela instituição em 2016, e empossados na última sexta-feira (30). As palestras versaram em torno de temas como “O Ministério como agente de transformação social no Amazonas”, explanado pelo PGJ, Alberto Júnior, a “Carta de Brasília e a atuação resolutiva do MP”, exposto pela Corregedora Jussara Pordeus, e ainda “Carta de Aracaju e a atuação no Ministério Público” pelo Corregedor, Rinaldo Reis.

O curso de ingresso é apresentação detalhada da instituição para os novos membros, seguido do estágio de adaptação, onde farão suas primeiras atuações nas promotorias, terminando com o curso de vitaliciamento, fase da carreira que prepara o promotor para ser confirmado no cargo. “É um curso construído para que eles entendam o que é o Ministério Público e enxerguem a instituição em que estão se inserindo, conhecendo todos setores da administração superior, a corregedoria, coordenações etc.”, destaca o promotor de Justiça Alessandro Samartin de Gouveia, coordenador do CEAF.

O Curso vai até o dia 13 de novembro, quando os novos promotores terão passado por todos os setores fins principais da instituição. No dia 15 de dezembro, começa o curso de vitaliciamento. As comarcas aonde devem ir os novos Promotores já foram definidas. Confira a relação abaixo:

  1. PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO DE OLIVENÇA: OTÁVIO MACHADO DE ALENCAR
    2. 1ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE TEFÉ: VÍTOR RAFAEL DE MORAIS HONORATO
    3. 1ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE COARI: RAFAEL AUGUSTO DEL CASTILO DA FONSECA
    4. PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE FONTE BOA: RICARDO MITOSO NOGUEIRA BORGES
    5. 2.ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE COARI: THIAGO DE MELO ROBERTO FREIRE
    6. PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE CARAUARI: EDUARDO GABRIEL
    7. PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE PAUINI: DANIELLY CHRISTINI SAMARTIN GOUVEIA DE ANDRADE
    8. PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE JUTAÍ: MARCELO BITARÃES DE SOUZA BARROS
    9. PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE SANTO ANTÔNIO DO IÇÁ: DANIEL ROCHA DE OLIVEIRA

*Com informações da Assessoria.