Número de acidentes de trânsito fatais deste ano pode ultrapassar 2020

Foto: Jhonata Lobato

No ano de 2021, 187 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito em Manaus conforme os dados do Insitituto Municipal de Mobilidade Urbano (IMMU). Em 2020 houveram 194 acidentes fatais, ou seja, sete a menos neste ano. O número de acidentes deste ano pode superar o ano passado ao considerar que nas festas de fim de ano há uma tendência no aumento de acidentes.

As causas das tragédias no trânsito são inúmeras e variam desde imprudências até condução de veículos sob o efeito de álcool. Aliais, apesar de todo mundo saber que alcoól e direção não se misturam, o Detram registrou em agosto deste ano um recorde de flagrantes de motoristas dirigindo alcoolizados. No total foram 48 testes positivo de bafômetro em um único sábado.

De acordo com Wendell Menezes, gerente da Controladoria Geral de Trânsito, do Detran-AM, grande parte dos acidentes de trânsito são consequências de infrações, como o desrespeito à sinalização e condutores que trafegam em alta velocidade nas rodovias.

“As principais causas dos acidentes se dão em relação à desobediência da legislação de trânsito, principalmente naquilo que se refere à sinalização viária e ao limite de velocidade das vias”, disse.

Segundo o gerente, grande parte dos acidentes que resultam em mortes ou vítimas lesionadas, envolve colisões entre carros e motocicletas. Para que haja uma redução no número de casos, o Detran-AM informou que tem trabalhado na conscientização da população, principalmente de condutores de veículos, fornecendo palestras e cursos. E, com o apoio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (NEOT), atua em pontos estratégicos da capital e de municípios do interior, para diminuir esse tipo de infração e, assim, evitar graves consequências.

Acidentes que marcaram o ano

carro esmagado

Foto: Divulgação

Engana-se quem pensa estar seguro em um carro parado e de cinto de segurança. Em 27 de agosto deste ano, um acidente parou a cidade e chocou a população, as vítimas Suzy Pedrosa, de 37 anos e Maria Eduarda, de 17 anos, aguardavam o sinal abrir na avenida Rodrigo Otávio, no bairro Japiim zona Sul de Manaus, quando foram esmagadas por uma carreta.

As vítimas estavam em um carro  modelo Honda Fit, quando o semáfaro ficou vermelho, a motorista parou atrás de um caminhão, quando um carreta, carregada de areia, se aproximou em alta velocidade, e não conseguiu frear. O carro de passio foi esmagado igual uma lata de refrigerante e as vítimas morreram no local.

Morte de bebê gera revolta

As imprudências no trânsito acontecem também no interior do Estado. Em Manicoré (a 331 km de Manaus) uma bebê de apenas 1 ano e 4 meses, morreu após ter sido atropelada. De acordo com informações da polícia , o suspeito de atropelar a criança foi identificado como Juan Carlos da Silva, de 27 anos.

manicoré-bebê

Foto: Reprodução

O homem estava sozinho em um carro desgovernado e atropelou a criança. Após o acidente o suspeito fugiu mas foi capturado pela polícia e foi autuado pelo crime de homicídio doloso. Os familiares revoltadas incendiaram o carro do homem.