Número de internações de crianças por covid-19 aumentou mais de 1.400% desde o início de janeiro no Amazonas

O maior salto de casos de hospitalização ocorreu a partir do dia 13

Foto: Getty Images

O número de crianças internadas  em Manaus por covid-19 já chega a 42. O número, divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde  Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), representa um aumento de 1.433 % em comparação com o início do mês, quando apenas três crianças  estavam hospitalizadas.

Diferente do que se pensava no início da pandemia, de que as crianças não eram afetadas pelo vírus, o aumento de hospitalizações destas acende um alerta para o grau de perigo do vírus e suas respectivas variações, como a Delta e a Ômicron. Todo esse cenário de aumento de internações acontece no mesmo período de chegada de doses de vacina contra covid-19 para crianças e o processo de aplicação do imunizante nas mesmas.

Tendo isso em vista, o Radar analisou os números de internações registradas ao longo dos dias de janeiro a partir das publicações dos boletins diários da covid-19.

Os primeiros dias de janeiro foram marcados pelo baixo índice de casos de internação, tanto nos leitos quanto nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Até o dia 11 deste mês, o número de internações oscilou entre números de três a 12 internações.

Dados coletados dos boletins diários da covid-19, da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS)

O maior salto de casos de hospitalização ocorreu a partir do dia 13, quando 27 crianças foram internadas em Manaus. Nos dias seguintes o número foi crescendo chegando a 42 casos na última terça-feira (18).

Sintomas 

Conforme apontam levantamentos da FVS, cuja atualização foi realizada há uma semana, os principais sintomas que as crianças internadas na faixa de 5 a 14 anos na cidade apresentam são: febre, tosse e desconforto respiratório.

Por não estarem atualizados, os dados sobre os sintomas disponibilizados pela FVS não consideram as internações recentes. Fonte: FVS-RCP

O mesmo documento também aponta que cerca de 80% das crianças que morreram pela doença tinham como principal sintoma febre.

Tosse também foi um dos principais sintomas apresentados pelas crianças que morreram
Fonte: FVS-RCP

Casos de covid-19 em crianças  desde o início da pandemia

Foto: ilustrativa/reprodução

Desde a chegada do coronavírus no Amazonas, cerca de 28.829 crianças  foram infectadas, conforme apontam dados do monitoramento da covid-19, da Fundação de Vigilância em Saúde, que também foi  atualizado há uma semana.

O mesmo painel aponta que a faixa infantil mais afetada é composta por crianças menores de cinco anos, com 12.332 casos, 1.705 internações e 62 mortes. Em segundo lugar de quantidade de casos, fica a faixa de 10 a 14 anos que registrou  9.283 casos, 332 internações e oito mortes.

Já as crianças  de 5 a 9 anos, apesar de registrarem menos casos, com 7.214, elas possuem um quantitativo de internações maior, com 332 hospitalizações. Oito crianças dessa faixa de idade morreram em decorrência da covid-19.

Vacinação em crianças

Foto: divulgação

O processo de imunização das crianças de 5 a 11 começou esta semana em Manaus a partir do grupo prioritário composto por  crianças com comorbidades e deficiências. Apesar de o estado ter recebido mais de 30 mil doses da vacina, apenas 200 crianças foram levadas aos postos de vacinação pelos pais no primeiro dia de campanha.

Ao todo, 260 mil crianças da faixa etária estão aptas a receberem o imunizante.