Número de voos no espaço aéreo do Cazaquistão triplica após Europa vetar tráfego russo

Avião com a bandeira russa em aeroporto

O número de voos no espaço aéreo do Cazaquistão triplicou nesta segunda-feira (28), após proibições de tráfego para aviões comerciais russos em vários países da Europa. O levantamento é da empresa de navegação aérea cazaque Kazaeronavigatsiya.

A União Europeia anunciou neste domingo (27) o fechamento do espaço aéreo do bloco para aeronaves russas, incluindo jatos particulares. A medida sem precedentes tem o objetivo de pressionar o presidente russo, Vladimir Putin, a encerrar a invasão da Ucrânia.

Com as restrições, forma-se uma zona ampla de veto ao tráfego aéreo russo na Europa, o que implica em enormes desvios de rota. Na prática, aeronaves saindo de Moscou podem levar mais tempo para chegarem aos seus destinos, pois precisam contornar os países onde o banimento está ativo.

A Kazaeronavigatsiya disse em comunicado que está preparada para um aumento na carga de trabalho e que atenderá todos os voos.