O prefeito de Manaus continua correndo do dever de cumprir a Lei da Transparência

A cada dia surgem novos personagens na viagem pela Europa do prefeito corredor de Manaus, David Almeida (Avante), junto com sua trupe de sabe-se lá quantos assessores, seguranças, secretários…Dizem que tinha até mulher de secretário na comitiva do prefeito. Se tinha, o Radar ainda não conseguiu captar, mas no Diário Oficial da Prefeitura de Manaus dessa segunda-feira (16), o Radar encontrou mais um servidor da prefeitura de Manaus que foi pra Europa com tudo pago pelo nosso bolso. O chefe da Casa Civil de David Almeida, William de Oliveira Dias.

Na contramão de que foi para Europa como “garoto propaganda” pra Manaus ser conhecida internacionalmente – essa função eu nunca tinha visto nenhum chefe do Executivo assumir que tinha -, o prefeito David Almeida deveria explicar por que um servidor, no caso o chefe da Casa Civil, que não é da área de turismo, nem de comunicação e nem de esporte, estava fazendo na tal da viagem para diz que promover Manaus.

Mas, o prefeito corredor parece que vai continuar indefinidamente e deliberadamente correndo da Lei da Transparência. Ele se resumiu em dizer que os gastos ultrapassam cem mil, mas que essa não era uma soma final, porque só iria dizer quanto foi gasto dos cofres públicos em sua tour pela Europa quando fizesse a conversão dos gastos em euros para o real.

Pelo que parece tá difícil de fechar essa conta, já que até agora nadica de nada da fatura, paga pelo nosso bolso, aparecer nas fontes oficiais. O prefeito continua correndo e a gente levando pernada.