O que dá pra rir, dá pra chorar. Ou sera o contrário?

O Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) esá sendo chamado de Centro Recreativo do Compaj. Diz que, num sistema de segurança pública em que praça dá odem pra major – e se o oficial se rebelar ainda manda prender o superior -, e “xerife” do presidio manda em diretor do sistema penitenciário, dizendo o que preso pode (e deve) fazer, tanto dentro como fora da cadeia, a cadeia é o melhor lugar do mundo. Tem cela reformada com ceramic, frigobar e até ventilador. E o pessoal do regime semiaberto, sai e entra na hora que quer. É só pular um murinho de nada, atividade física que serve até para manter os presos em forma. Á do outro lado do muro, um carro já está esperando. Os detentos vão dar um role, se diverter um pouquinho tocando o terror na cidade e coletando uma grana fácil, e depois voltam pro presidio porque, afinal, nada melhor do que um lugar pra comer e dormir, sem pagar um centavo, né mesmo?

Charge- Compaj