O “quintal” da Prefeitura

Foto: Ane Lima

Durante os anos em que fui Diretora de Comunicação da Câmara Municipal de Manaus (CMM), se há uma frase que fazia parte do nosso cotidiano, toda vez que um vereador queria reclamar da interferência do prefeito nas decisões do Poder Legislativo era: “A Câmara não é o quintal da prefeitura! Os vereadores que usavam essa frase constrangedora queriam provocar os colegas de Parlamento a agirem com mais autonomia, desatrelando seus atos do consentimento ou não do chefe do Executivo e, como manda a Constituição Federal, ser o fiscal das ações da Prefeitura de Manaus.

Mas, pelo que parece, durante essa legislatura da Câmara Municipal de Manaus, com raríssimas exceções, essa frase não vai ser mais ouvida e o Poder Legislativo está muito próximo de ser o “quintal” da prefeitura de David Almeida (Avante). É só ver que um dos secretários mais próximos do prefeito, o ex-deputado estadual Sabá Reis, que está à frente da Secretaria Municipal de Limpeza Pública, criou até uma espécie de “departamento” da prefeitura de Manaus “para atender as demandas (sinônimo de pedidos) dos vereadores”.

Vale lembrar que Sabá Reis é ninguém menos que pai do presidente da CMM, o vereador Davi Reis que também é do Avante, igualzinho ao pai e ao prefeito David Almeida.

O Núcleo de Apoio Parlamentar fica na própria sede da Semulsp e foi inaugurado por Sabá Reis, no dia 07 de abril, com a presença de grande parte dos vereadores, inclusive do seu filho David Reis. O papai secretário não se sentiu nem um pouco constrangido de dizer que o tal Núcleo de Apoio Parlamentar iria funcionar como um “anexo da Câmara”.

Lá no núcleo tem na parede uma imagem representativa do plenário Adriano Jorge e a foto de cada um dos 41 vereadores, inclusive a do filho presidente da Casa Legislativa.

Então agora já sabe pra tirar mato de rua ou lixo jogado pela cidade tem que pedir lá no núcleo criado pelo Sabá porque, afinal, pode até ser um “quintal da prefeitura”, mas vai ser bem limpinho.

Secretário Sabá Reis junto aos vereadores de Manaus