OAB-AM lança campanha contra prática irregular de “coiotes”

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Amazonas (OAB-AM), anunciou o lançamento da campanha contra os chamados “coiotes”, que são pessoas contratadas por advogados ou escritórios que agenciam clientes em potencial, principalmente, na Justiça do Trabalho ou na Custódia. A campanha está marcada para iniciar em agosto.

“Nessa atividade nós iremos estar presentes na Justiça do Trabalho e na custódia, abordando os familiares com necessidade de um apoio de advogados, esclarecendo o quanto o coiote pode trazer prejuízos para a vida delas. Porque são pessoas que estão ali para captar, agenciar e levar para determinados escritórios”, disse a secretária da Comissão de Fiscalização do Tribunal de Ética e Disciplina (TED), responsável pela campanha, Maria do Céu Rodrigues Maia.

“E o que se quer é uma advocacia justa, correta, evitando privilégios e principalmente ilegalidades. A comissão visa a educação, sempre com a ideia de educar para não punir”, acrescentou. Com início marcado para o mês de agosto, a campanha contra os coiotes contará com a participação de todos os 17 membros da comissão, em parceria com a Faculdade Martha Falcão.

Segundo o presidente do TED, Luis Pestana, a comissão e a campanha possuem o papel de educar para não punir. “Estamos entusiasmados com o trabalho. E agradecemos o presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy pela a estrutura fornecida para a realização desse trabalho”, concluiu.

O lançamento da campanha ocorreu nessa quinta-feira (28) durante a solenidade de posse dos novos membros do TED.

Fonte: OAB-AM