OAB diz que Comitiva do Amazonas não teve contato com advogada pernambucana infectada com coronavírus

blank

Foto: Divulgação

Após a informação de que uma advogada pernambucana infectada com o novo coronavírus participou do evento da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no início deste mês, no Ceará, a Ordem dos Advogados do Brasil seccional do Amazonas (OAB-AM) emitiu, nesta terça-feira (17), uma nota de esclarecimento, onde informa que a comitiva do Estado não teve qualquer contato com a profissional doente.

Segundo a nota assinada pelo presidente da Ordem dos Advogados Seção Amazonas (OAB-AM), Marco Aurélio Choy, “nenhum membro integrante da comitiva apresentou, até o presente momento, qualquer sintoma suspeito da doença”.

A Conferência Nacional da Mulher Advogada aconteceu nos dias 5 e 6 de março, no Centro de Convenções de Fortaleza e reuniu mais de 3 mil pessoas entre advogados e advogadas de todos os Estados da Federação Brasileira.

blank

Com informações da assessoria da OAB-AM