Obra na Djalma Batista entra em nova fase com processo de concretagem

Com o início nessa quinta-feira (15), do processo de concretagem dos primeiros 25 metros de tubulações na avenida Djalma Batista, zona Centro-Sul, as obras para a implantação da rede de drenagem no local entraram em nova fase. Agora, os trabalhos concentram-se na segunda parte da nova drenagem, que será desviada para não passar sob edificações existentes da avenida.

Na quinta, o prefeito em exercício e secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), Marcos Rotta, vistoriou a evolução dos trabalhos e acompanhou a visita dos técnicos do Serviço Geológico do Brasil (CPRM). “Nós conseguimos avançar na madrugada e fizemos a concretagem de parte da nova rede de drenagem. Estamos avançando, levando sempre em consideração as exigências técnicas de segurança e de qualidade da obra”, destacou Marcos Rotta.

Equipes técnicas realizam o levantamento geotécnico, para atestar a qualidade do solo e a evolução da obra, afastando todo e qualquer risco, como explicou o superintendente da Seminf, Orlando Holanda.

“É uma grande equipe trabalhando, que envolve também o pessoal de geotecnia, para atestar a segurança do terreno. Também fizemos o controle da resistência da nova tubulação de concreto e a qualidade do material”, destacou Holanda.

Prevenção

Segundo o chefe das relações institucionais do CPRM, Marco Antônio Oliveira, há uma parceria com a prefeitura para disponibilizar o mapa geotécnico de Manaus, que mostra a parte enterrada da cidade.

“Nós estamos executando o mapa geotécnico da cidade para que problemas como esse de tubulações antigas, que cedem e prejudicam o pavimento e a circulação, possam ser antevistos. Qualquer intervenção de engenharia vai gerar efeitos futuros e é possível que possamos mapear isso”, explicou Oliveira.