Obras no Distrito Industrial avançam ultrapassando 60% de execução

Fotos: Alex Pazuello / Semcom

Durante vistoria nas obras recuperação viária do Distrito Industrial, zona Sul, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, informou, nesta terça-feira (17), que o trabalho está avançando e já ultrapassa 60% de execução. De acordo com o prefeito, são nove frentes com serviços de recapeamento, drenagem profunda, meio-fio, sarjeta e calçada.

A primeira parada do prefeito aconteceu na rua Açaí, onde é realizada a recuperação da rotatória. “Essa obra faz parte do lote 2. Só na rotatória da rua Açaí, são três mil metros cúbicos de concreto. Toda essa obra de revitalização é de extrema importância para o trânsito da área. Tenho a honra de realizar esse projeto que vai garantir bem-estar tanto para os moradores da região quanto para as empresas do Distrito”, ressaltou Arthur Neto, acompanhado do superintendente da zona Franca de Manaus (Suframa), Algacir Polsin.

O trabalho segue o exemplo do que já foi feito nas rotatórias da Suframa e do Armando Mendes, com estrutura para suportar o fluxo de carros de passeio e transportes pesados, como caminhões e carretas. O antigo pavimento rígido foi retirado para ser realizado o reforço do solo com Brita Graduada Simples (BGS), posteriormente instalado o pavimento de Concreto Compactado a Rolo (CCR) de 10 centímetros e, em seguida, o novo pavimento rígido com 23 centímetros.

Na avenida Solimões, que integra o lote 3, os trabalhos estão concentrados na drenagem profunda, construção de meio-fio, sarjeta e calçada. O serviço conta ainda com a reciclagem do pavimento asfáltico com posterior recapeamento com BGS. “O Distrito já está com outra cara, muito por conta do paisagismo que estamos realizando. Só na avenida Solimões, os trabalhos já somam quase oito mil metros de via recuperada com a reciclagem do asfalto antigo, sendo substituído por um mais novo e duradouro, pensado para o trânsito pesado do Distrito”, comentou o prefeito.

Arthur Neto visitou também a rua Ministro João Gonçalves, que recebe trabalhos de remendo profundo, com a retirada do asfalto antigo, para aplicação de Brita Granulada Simples. Ao todo, a via foi recuperada em dez mil metros e está em fase de conclusão com os últimos 50% de extensão. “Nós estamos enchendo Manaus, e agora o Distrito, de paisagismo, que é vital para a cidade. Um trabalho muito útil, nossa colaboração para os próximos governos”, destacou Arthur Neto.

Para o superintendente da Suframa, Algacir Polsin, os esforços dos órgãos e de cada trabalhador são de extrema importância para a celeridade das obras e entrega dentro do prazo previsto. “Temos acompanhado, semanalmente, o andamento dessa grande obra. Estamos também prestigiando todo o esforço dos trabalhadores que se dedicam todos os dias. Essa é a minha rota de trabalho e eu sei o esforço deles para a celeridade dessas frentes de obras”, disse Polsin.

As obras do Distrito Industrial foram retomadas em outubro, após serem solucionados entraves burocráticos. O projeto contempla a recuperação de 35 vias e a reconstrução das rotatórias da Suframa e da Samsung. Os recursos são da ordem de R$ 156 milhões, sendo R$ 136 milhões via Suframa e R$ 20 milhões de contrapartida da Prefeitura de Manaus.

*(Com informações da Semcom)