Omar busca interferência do PSD nacional junto a Dilma para impedir candidatura de Praciano

omar e kassab

A candidatura a senador do petista Francisco Praciano  na chapa do Senador Eduardo Braga (PMDB) estaria sofrendo um verdadeiro “bombardeio” político. O uso de artilharia política pesada contra Praciano viria principalmente do ex-governador Omar Aziz (PSD), candidato ao Senado na chapa adversária, do governador José Melo, candidato à reeleição (PROS). No intento de tirar Praciano do caminho Braga teria buscado ajuda no criador do PSD e presidente nacional do partido, o ex-prefeito Gilberto Kassab, principal responsável pelo PSD ter decidido na convenção realizada na terça-feira passada (25), marchar junto com Dilma Rousseff nas eleições presidenciais. Com o apoio do PSD, Dilma ganhará cerca de 3 minutos a mais no tempo de TV e um batalhão de peso, uma das maiores bancadas no Congresso Nacional.

Kassab teria lembrado a presidente Dilma o compromisso assumido com o partido de que Omar seria o candidato a Senado do Palácio do Planalto no Amazonas. Mas, Dilma sabedora do que está ocorrendo no Amazonas teria lembrado que quem desfez compromissos com o Palácio do Planalto foi o próprio Omar Aziz quando se aliou ao prefeito Artur Neto, garantindo palanque para seu adversário Aécio Neves (PSDB) no Amazonas. E tem mais, Braga teria sido avisado, pelo telefone, das articulações contra Francisco Praciano, e teria decidido “botar o peito a bala” e bancar a briga a favor da candidatura de Praciano como seu senador no Amazonas . Pelo jeito a artilharia de Braga deve ter atingido o alvo certo porque nem Kassab conseguiu derrubar Francisco Praciano. (Any Margareth)