OMS alerta que pólio continua sendo emergência de saúde internacional

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta sexta-feira que a propagação da pólio deve continuar sendo tratada como uma emergência de saúde pública de alcance internacional, apesar dos progressos feitos este ano para controlá-la.

“Foram feitos grandes progressos, mas são frágeis. Estamos perto de erradicar a doença, mas devemos utilizar todas as ferramentas que temos para isso”, explicou a presidente do Comitê de Emergências da OMS, Helen Rees.

O grupo se reuniu esta semana em Genebra para avaliar o resultado das medidas adotadas por diferentes países onde o vírus segue circulando ou onde foram detectados casos vindos de outras nações.

Helen parabenizou às autoridades da saúde do Afeganistão e do Paquistão pela mobilização da imprensa para levar informação para as populações de alto risco. Sobre a Nigéria, outro país que é acompanhado de perto, a OMS reconheceu os esforços do governo para vacinar crianças em áreas de conflito, mas indicou que ainda existem 70 mil menores de idade que não foram imunizados por razões de segurança.

Ainda na África, Somália, Quênia, República Democrática do Congo (RDC) e Níger são os países que estão recebendo atenção por conta da presença do vírus em seus territórios.

O surto da pólio na Síria, por outro lado, foi controlado “com sucesso” e sem disseminação para outros lugares. Com
isso, o país não é mais considerado como infectado, embora permaneça na categoria de “vulnerável”.

Fonte: Agência Brasil