Ordem do secretário: Pronto-Socorro da Criança da zona Sul suspende atendimento de jovens que tenham mais de 45 kg (ver vídeo)

Foto: Rafa Braga

O Radar recebeu uma denúncia de que o Pronto- Socorro da Criança da zona Sul de Manaus, localizado no bairro Petrópolis, não está mais fazendo o atendimento de adolescente de 15 anos que tenham peso superior a 45 quilos. De acordo com o denunciante, ao trazer seu filho na unidade, foi informando que ele deveria encaminhar o jovem para algum dos três Prontos-Socorros adultos por estar a cima do peso estipulado.

Por mais absurda que possa parecer, a proibição do atendimento de adolescentes acima de determinado peso é verdadeira e entrou em vigor no dia 22 de maio de 2020, através de uma portaria assinada pelo Secretário Adjunto de Atenção Especializada da Capital, Ítalo Valle Cortez. A mudança deixou os pais apavorados, já que atualmente os Hospitais da Capital estão cada vez mais lotados em decorrência da pandemia de coronavírus.

“Pouco tempo atrás eu trouxe meu filho que machucou o pé, e ao chegar no pronto-socorro da criança ele não foi atendido porque tem 15 anos de idade e mais de 45 quilos. Como pode isso gente!? O ECA fala em idade e não em peso”, disse Pedro Filho.

Caso os jovens sejam internados em algum hospital para adultos, os pais alegam que sequer poderão visita-los, levando em consideração que as visitas foram suspensas para evitar riscos de contaminação pela Covid-19.

“Essa unidade atende muitas crianças da zona Sul e quando chegam aqui elas estão voltando por conta dessa portaria imoral. Eu percebo que mudou só as siglas da secretaria de saúde, mas o desrespeito é o mesmo”, concluiu Pedro Filho.

O Radar entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) para pedir esclarecimentos a respeito da mudança nos atendimentos. Em resposta a secretaria informou que readequou o perfil de atendimento para que jovens a partir de 15 anos e acima de 45kg sejam atendidos nos três Hospitais e Prontos-Socorros Adultos, além de 11 unidades de pronto atendimento, mas não explicou o motivo da readequação.

Confira a nota na íntegra

Para melhor atender os pacientes com estrutura adequada, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) readequou o perfil de atendimento para que jovens a partir de 15 anos e acima de 45kg sejam atendidos nos três Hospitais e Prontos-Socorros Adultos, além de 11 unidades de pronto atendimento.

A SES-AM ressalta que nenhum paciente deixa de ser atendido na rede estadual de saúde adulto e infantil.

Denúncia: Pronto Socorro da Criança da zona Sul se recusa a atender menores com mais de 45 Kg

Denúncia: Pronto Socorro da Criança da zona Sul se recusa a atender menores com mais de 45 Kg

Posted by Radar Amazônico on Friday, October 30, 2020