Órgãos fiscalizadores e Polícia Civil encerram festa clandestina em Manacapuru; 38 pessoas são detidas

Foto: PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru (distante a 68 quilômetros da capital), em ação conjunta com a Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), Instituto de Trânsito de Manacapuru e Defesa Civil, além de outros órgãos fiscalizadores, encerraram, no último sábado (13/02), por volta das 20h30, uma festa clandestina com 28 pessoas, sendo que 14 delas eram menores de idade. O evento, que descumpria o decreto governamental, ocorria em uma casa na Rua Cleto Barroso, bairro Aparecida, naquele município.

Segundo o delegado Rodrigo Torres, titular do DIP, as equipes policiais chegaram até o local após receberem uma denúncia anônima, sobre uma festa clandestina que estava sendo realizada em uma residência. No local, foram encontradas 28 pessoas, dentre as quais 14 eram menores de idade. O idealizador da festa, Iago da Silva Moraes, 18, alegou que estavam comemorando um aniversário.

“As equipes de fiscalização receberam a denúncia anônima sobre o endereço da festa que acontecia em uma rua próxima a delegacia. Ao chegarem no local, constatamos a presença de menores de idade e todos foram encaminhados à Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru”, disse o delegado Rodrigo Torres.
Procedimentos

As 28 pessoas foram autuadas e encaminhadas à delegacia do município, onde os menores assinaram um Boletim de Ocorrência Circunstancial (BCO) e os maiores assinaram um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) e foram liberados.

(*) Com informações da PC-AM