“Ou decreta a intervenção, ou a qualquer momento vai acontecer uma tragédia em Coari”, diz Castro

IMG-20140220-WA0019O deputado estadual, Luiz Castro (PPS), que integrou a comitiva da CPI da Câmara Federal que investiga a exploração sexual de crianças e adolescentes e que esteve nesta quinta-feira (20) em Coari, disse que pôde ser constatado que o crime organizado tomou conta da cidade e que, ou o Tribunal de Justiça do Amazonas decide pela intervenção para manter os direitos constitucionais dos cidadãos de Coari, ou a qualquer momento vai acontecer uma tragédia em Coari. “A prisão de Adail não amenizou o clima de insegurança e perseguição contra aqueles que se opõem  aos desmandos praticados pela organização riminosa que se instalou na Prefeitura de Coari”, afirmou o parlamentar.

Ele deu como exemplo o fato de que nem a presença da CPI na cidade intimidou a ação dos autores das ameaças, perseguições e atentados. Uma das testemunhas teria contado que foi ameaçada quando se diria ao prédio da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) para prestar depoimento. Um carro parou ao seu lado e o motorista baixou o vidro e fez um gesto com a mão como quem vai disparar um tiro. “O que se viu em Coari é absurdo. As intimidações são feitas às claras. Os atentados estão se repetindo, um após o outro, e as pessoas estão amedrontadas. Não se pode esperar para evitar que algo pior ocorra”, prevê castro (Any Margareth)