Pabllo Vittar, Ludmilla e mais: artistas mais citadas no Mês do Orgulho LGBTI+

Levantamento mostra quais artistas foram os mais comentadas durante os primeiros 20 dias do mês no Twitter

Foto: Reprodução

A essa altura você já percebeu que junho é o Mês do Orgulho LGBTI+. Foram muitos eventos, paradas e conteúdos sobre o tema, mas também muitas manifestações e conversas nas redes sociais.

E um levantamento mostrou quais foram os artistas mais comentadas no Twitter durante os primeiros 20 dias do mês. De 1º a 20 de junho, a empresa de relações públicas e tecnologia Knewin analisou mais de 170 mil tuítes ligados ao tema Parada do Orgulho LGBTI+ e destacou alguns nomes.

Quem ocupa o topo da lista de mais citados na rede é a cantora Ludmilla, citada em 7,70% dos tuítes analisados. A sequência traz Pabllo Vittar, com 7,60%; e Luísa Sonza, com 2,41%. Quem completa o TOP 5 são Pocah e Liniker. Confira abaixo alguns detalhes sobre as artistas e confira três hits de cada uma para colocar na playlist diária!

Ludmilla

Ludmilla na premiação BET Awards no úlyimo domingo (26)

Há 10 anos a cantora emplacava a música Fala Mal De Mim no YouTube como MC Beyoncé. Agora, ela transita entre o funk e o pagode com hits de sucesso entre os mais diversos públicos. Quando assumiu o namoro com a bailarina Brunna Gonçalves, com quem é casada, em 2019, ela se tornou uma importante representante da comunidade LGBTI+. Na lista de músicas que é preciso conhecer da cantora, está o clássico Hoje, o hit Socadona e a canção Maldivas.

Pabllo Vittar

Foto: reprodução/ twitter

Uma das drag queens mais conhecidas do país, Pabllo Vittar conquistou uma legião de fãs desde que começou a carreira de cantora. A música Open Bar foi um dos marcos da carreira dela, que também foi responsável pelo hit do Carnaval de 2017: Todo Dia. E se você não conhece essas músicas, ouça agora. Mas aproveite e coloque alguns sucessos da cantora na playlist do dia a dia. Nossas dicas são: Parabéns, Triste com T e K.O.

Luísa Sonza

Foto: divulgação

A cantora começou a fazer sucesso em 2014, no YouTube, mas seu nome se tornou mais popular pelo relacionamento que teve com o humorista Whindersson Nunes. O talento que a fez conquistar a internet, também solidificou a carreira de cantora e acumula músicas de sucesso. Entre as canções que estão em alta e você deveria ouvir está sentaDONA, e as faixas Penhasco e Anaconda, do álbum Doce 22.

Pocah 

Foto: reprodução/web

Bissexual assumida, a funkeira faz sucesso na comunidade LGBTI+ com hits que despertam a vontade de descer até o chão. Com letras empoderadas e sensuais, ela conquista fãs há uma década com músicas como Mulher do Poder, mas você provavelmente vai reconhecer letras como Perdendo a Linha. Nos títulos que vão te dar um pique no dia estão Não Sou Obrigada, Bandida e Nem On Nem Off.

Liniker 

Foto: divulgação

Depois de cativar um público com a banda Liniker e os Caramelows, a cantora se lançou em carreira solo no início da pandemia. Com uma voz marcante e suave e letras românticas, conquistou fãs com um R&B bem brasileiro. Para se viciar na voz da cantora, as dicas são os singles Baby 95, Intimidade e Calmô.