Padrasto é preso acusado de estuprar enteada, em Humaitá

foto: Divulgação PC-AM

Um homem, de 41 anos, foi preso por policiais civis da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) situada no município de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus) por estupro de vulnerável contra a própria enteada, uma criança de 10 anos. A prisão preventiva ocorreu por volta das 6h da manhã desta terça-feira (3). O crime aconteceu no último dia 21 de novembro deste ano, no bairro Cristolândia, em Humaitá.

De acordo com o titular da DEP, delegado Mateus Moreira, a equipe de investigação chegou ao infrator depois que a mãe da menina compareceu ao prédio da unidade policial para formalizar a denúncia. Segundo o delegado, a mulher informou que já estava desconfiando do companheiro e, após constatar o que ele fez com a filha dela, resolveu registrar a ocorrência.

“Quando o infrator tomou conhecimento que a companheira dele tinha ido ao prédio da delegacia, ele fugiu da residência que morava. Representei à Justiça pelo pedido de prisão em nome do indivíduo e a ordem judicial foi expedida no dia 29 de novembro deste ano, pelo juiz Charles José Fernandes da Cruz, da 2ª Vara da Comarca de Humaitá”, relatou o delegado.

A prisão do infrator foi efetuada em uma propriedade rural situada na comunidade Realidade, no Km 100 da rodovia federal BR-319.

O homem foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da DEP Humaitá, ele irá permanecer na carceragem da DIP, à disposição da Justiça.

Com informações da PC-AM.