Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada de 12 anos, em Manaus

Um mecânico, de 48 anos, foi preso pela polícia suspeito de estuprar a própria enteada, desde os 6 anos de idade, no bairro Colônia Terra Nova, zona Norte da Capital. Hoje, a menina tem 12 anos e denunciou os estupros para a avó materna. A mãe da criança é suspeita de omissão no caso.

“No decorrer da operação, a criança acabou relatando que quando tinha 6 anos de idade, sua mãe passou conviver com o homem, foi quando os abusos começaram. Após isso, a criança passou a viver sob responsabilidade da avó materna. Contudo no final do ano passado, a mãe da menina demonstrou interesse em viver em companhia da filha, e os abusos voltaram, fazendo com que ela denunciasse os abusos para sua avó”, explicou a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA).

Ainda de acordo com a delegada, o mandado de prisão preventiva só foi executado após a confirmação do estupro de vulnerável, e agora as investigações se direcionam para a omissão da mãe da vítima.  “As escutas psicológicas registraram que a menina tinha sido afastada de casa justamente por conta da violência que vinha sofrendo”, relata Joyce.

O suspeito aguarda a audiência de custódia, enquanto fica à disposição da Justiça.