Pagamento das dívidas com 13° será prioridade para manauara, diz CDL

Com o início do pagamento do 13° salário, a maioria dos consumidores manauaras pretendem utilizar o benefício para pagar dívidas neste fim de ano, segundo pesquisa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus). Conforme o levantamento, 22,42% dos entrevistados vão priorizar quitar as dívidas, número 1,79% superior frente a 2017.

A pesquisa também mostrou que 17,50% dos trabalhadores devem utilizar parte do benefício para a compra de vestuário enquanto 10,95% querem comprar calçados. Já 10,99% devem poupar para fazer frente às despesas do início do ano e 9,24% pretendem comprar alimentos e itens para a ceia.

Com relação à forma de pagamento, a maioria (46,8%) dos entrevistados informaram que desejam pagar em dinheiro neste período de festas de fim de ano. Em seguida aparecem cartão de débito (45,10%) e crédito (59,41%). Neste caso, as compras pretendem ser feitas no comércio do Centro.

Além desses, 23,2% devem efetuar o pagamento em dinheiro; 15,10% no cartão de débito e 2,82% no crédito e realizar as compras no comércio de bairro. Nos shoppings, dinheiro (13,6%); débito (30,20%) e crédito (27,69%).

Ainda segundo os dados da pesquisa, 55,8% dos entrevistados disseram que contraíram dívidas parceladas este ano, enquanto que, 44,2% dos entrevistados estão sem dívidas. A CDL Manaus ouviu 600 pessoas entre os dias 1º a 4 de outubro.

Movimentação

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas (FCDL-AM) calcula que pelo menos 35% dos recursos que vão entrar em circulação, por meio dos pagamentos referentes ao 13º salário, ou R$ 88,5 milhões, serão revertidos para a quitação de dívidas dos servidores públicos com o comércio de Manaus.

Com informações da assessoria da CDL Manaus.