Palmeiras busca vitória sobre o Bahia e torce pelo Grêmio

Foto: Flavio Hopp/Lancepress

Para que os dois candidatos ao título do Brasileiro não tenham a concorrência de outras partidas, na rodada deste domingo (17), somente os confrontos do Bahia contra o Palmeiras e do Grêmio, que recebe o líder Flamengo, iniciam às 16h.

No lado alviverde da força, a situação é de tudo ou nada. Com 67 pontos, a vitória sobre o tricolor baiano é a única maneira de manter a equipe no páreo.

Caso o clube rubro-negro também vença, a diferença permanece em 11 pontos, mas o time carioca terá uma partida a mais, já que atuou na última quarta-feira (13) e empatou em 4 a 4 no clássico contra o Vasco da Gama.

É esse resultado que impede, caso os palmeirenses percam na Arena Fonte Nova e o Flamengo consiga os três pontos, que o torneio termine nesta rodada. Para o Palmeiras, o cenário mais animador é trazer os pontos e o Grêmio conquistar a sexta vitória seguida.

Curiosamente, no próximo domingo (24), os clubes paulista e gaúcho se enfrentam no Allianz Parque. Como o Flamengo já atuou pela 34ª rodada, por causa da final da Libertadores -acontece no sábado (23)- uma eventual vitória do mandante levará a diferença para cinco pontos.

Na cartilha do técnico Mano Menezes, os jogadores devem pensar apenas no desempenho em campo e não ficar ligados no que o Flamengo irá fazer. Nesse caso, com as partidas no mesmo horário, os atletas não precisarão sofrer em frente ao televisor.

“Os secadores do Flamengo não têm tido muita felicidade”, brincou o treinador, após o empate por 1 a 1 no clássico contra o Corinthians, no dia 9 deste mês. “É importante, lógico, fazermos a nossa parte”, completou.

Outra motivação para os palmeirenses é quebrar um pequeno recorde. Se conquistar a vitória, o time iguala a pontuação como visitante do título de 2018, com dois jogos a menos.
No ano passado, o Palmeiras somou 30 pontos fora de casa, com sete vitórias, nove empates e três derrotas em 19 confrontos. Em 2019, a equipe tem 27 pontos, com sete triunfos, seis igualdades e três derrotas.

BAHIA
Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Wanderson e Moisés; Gregore, Flávio e João Pedro; Élber, Artur Caíke (Rogério) e Fernandão. T.: Roger Machado

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Ramires), Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael e Deyverson (Luiz Adriano). T.: Mano Menezes

Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador
Horário: 16h
Juiz: Breno Arleu de Araújo (RJ)