Anúncio

Palocci entrega rastreadores à PF para comprovar propinas pagas a Lula

Para comprovar negociações e pagamentos de propinas relatados em delação premiada, o ex-ministro Antonio Palocci entregou à Polícia Federal (PF) dois rastreadores instalados em automóveis de uso pessoal.

Os dispositivos registraram todos os percursos feitos por Palocci, como escritórios de advocacia, empresas, residências e restaurantes.

O ex-ministro relatou à força-tarefa que foi o responsável por pelo menos cinco entregas de propina em dinheiro ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Além dos rastreadores, Palocci entregou quatro HDs de computadores da Consultoria Projeto, empresa utilizada para repasses ilícitos de empresários ao PT.

O material deve ser periciado pela PF.