Papa diz que lembrança da 1ª Guerra Mundial é incentivo à paz

papa Francisco disse neste domingo (11) que as lembranças da Primeira Guerra Mundial (1914-1918) servem para incentivar a paz.

“A página histórica do primeiro conflito mundial é, para todos, um alerta severo para rejeitar a cultura da guerra e tentar procurar todos os meios legítimos para colocar fim aos conflitos que ainda ensanguentam várias regiões do mundo”, afirmou Jorge Mario Bergoglio durante a celebração do Ângelus, na Praça São Pedro, no Vaticano.

O chamado do Papa vem no mesmo dia em que mais de 70 líderes mundiais se reuniram em Paris, na França, para recordar os 100 anos do fim da Primeira Guerra Mundial.

“Enquanto rezamos por todas as vítimas dessa tragédia, dizemos com força: investimos na paz, não na guerra!”, exaltou Francisco.

Fonte: Folhapress