Para evitar aglomeração, visita aos cemitérios públicos no Dia dos Pais está suspensa

Foto: Reprodução

Para evitar aglomerações, os cemitérios públicos de Manaus não permitirão visitas no Dia dos Pais, comemorado no próximo domingo (9). O acesso estará restrito ao atendimento de novos sepultamentos e às pessoas que acompanharão o cortejo fúnebre na data.

A determinação segue as diretrizes do decreto municipal 4.801, de 11 de abril de 2020, que regula a movimentação nos cemitérios, limitando a entrada de pessoas em sepultamentos e respeitando a recomendação de distanciamento social para evitar aglomerações, por conta do risco de contágio da Covid-19.

“Tradicionalmente, é uma das datas de maior movimentação de pessoas nos cemitérios de Manaus e como ainda estamos em meio à pandemia, mesmo com redução de casos, precisamos continuar evitando aglomerações, sem baixar a guarda, pois ainda não estamos livres do vírus”, afirma o secretário da Semulsp, Paulo Farias.

A medida vale para todos os cemitérios públicos gerenciados pela Prefeitura de Manaus. Desde o último dia 11 de abril, a entrada nesses locais está restrita a até cinco pessoas, estritamente ligadas a algum sepultamento acontecendo no dia.

O Dia dos Pais é a terceira data que mais leva pessoas aos cemitérios de Manaus, só perdendo para o movimento do Dia de Finados, em 2 de novembro, e Dia das Mães. Pela estimativa da Semulsp, mais de 40 mil pessoas visitaram os espaços no Dia dos Pais, no ano passado. Finados costuma movimentar mais de 500 mil pessoas.

(*) Com informações da assessoria