Parintins tem 23 casos notificados de Rabdomiólise

Dos 23 casos notificados, 14 foram confirmados e 9 ainda estão em investigação

A Prefeitura de Parintins (localizado a 372 quilômetros da capital amazonense) confirmou o total de 23 casos de rabdomiólise, também conhecida como “doença da urina preta”, nesta sexta-feira (08). A informação é da Coordenadoria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde que já informou a Fundação de Vigilância em Saúde do Governo do Estado (FVS).

Dos 23 casos notificados, 14 foram confirmados e 9 ainda estão em investigação. Do total, 15 chegaram a ser internados, sendo que três ainda estão no hospital Jofre Cohen sendo acompanhados, sem gravidade.

A coordenadora de Vigilância em Saúde, Elaine Pires, informou que diariamente os pacientes internados passam por exames para verificação de alguma alteração nos níveis de CPK.

“A investigação leva em consideração também a sintomatologia, procedência do pescado, entre outras informações”, disse.

LOCALIDADES:

03: Comunidade São Marcos – Monte Sinai – Caburi
06: zona urbana: (1) Itaúna I, (1)Palmares; (4)Paulo Corrêa;
01: Comunidade da Brasília;
05 Lago do Cumprido- Caburi;
07: Emílio Moreira (procedência do peixe – Panauaru/ Caburi;
01: Barreirinha – Aldeia Araticum.